Live TIM x GVT e a qualidade de serviço do Youtube em vídeo HD ou Full HD, da primeira que é ineficiente e com delay, e da segunda que é satisfatória. Velocidade de 35Mbps da Live TIM X 15Mbps da GVT. Leia o texto e descubra os fatos.

Prezados Leitores,

A TIM com a proposta de inovar o mercado e servir o segmento de banda larga no Brasil, comprou a Intelig – diga-se a infraestrutura de fibra ótica dela – e iniciou a sua expansão nas grandes capitais, tendo São Paulo e Rio de Janeiro o seu mercado teste.

De fato, após dois anos de ter iniciado os testes, tive acesso ao serviço chamado Live TIM, e fiquei bastante surpreso pela qualidade de download e upload, em comparação a sua grande concorrente GVT, onde comparo logo abaixo as duas estruturas físicas das redes da TIM Live e GVT, tendo 35Mbps x 20Mbps da Live TIM e 15Mbps x 1Mbps da GVT (Download x Upload).

O teste foi motivado devido a muita reclamação na deficiência da qualidade do serviço do Youtube (congelamentos devido a atrasos de pacotes na rede) na rede da Live TIM, de maior velocidade digamos, em detrimento da GVT, de menor velocidade e qualidade de serviço do Youtube satisfatória. Leia o texto e descubra onde está a causa e o porquê do aumento de velocidade não representar vantagem para o streaming de vídeo no Youtube.

Hoje fiz um teste ao ver um vídeo no Youtube, com resolução 480p / 720p e 1080p, e comparei as duas conexões de internet que tenho aqui: GVT de 15MB e LiveTim de 35MB.
Abaixo demonstro o resultado do teste e apresento minhas conclusões:

1 – Teste efetuado com conexão GVT 15MB (14,7MB)

Microsoft Windows [versão 6.2.9200]
(c) 2012 Microsoft Corporation. Todos os direitos reservados.

C:\Windows\System32>tracert http://www.youtube.com

Rastreando a rota para youtube-ui.l.google.com [186.215.208.25]
com no máximo 30 saltos:

1 2 ms 1 ms 1 ms ADSL [192.168.3.1]
2 6 ms 6 ms 6 ms 177.133.132.1.dynamic.adsl.gvt.net.br [177.133.132.1]
3 6 ms 6 ms 6 ms 186.215.223.226.static.host.gvt.net.br [186.215.223.226]
4 18 ms 10 ms 9 ms 187.115.219.145.static.host.gvt.net.br [187.115.219.145]
5 7 ms 10 ms 10 ms 187.115.217.114.static.host.gvt.net.br [187.115.217.114]
6 6 ms 6 ms 6 ms googlecom25.static.host.gvt.net.br [186.215.208.25]

Rastreamento concluído.

2 – Teste efetuado com conexão Live TIM de 35MB (Atualmente 37MB)

C:\Windows\System32>tracert http://www.youtube.com 

Rastreando a rota para youtube-ui.l.google.com [74.125.234.40]
com no máximo 30 saltos:

1 <1 ms <1 ms <1 ms 192.168.2.1
2 1 ms <1 ms <1 ms MyRouter.Home [192.168.1.1]
3 5 ms 9 ms 8 ms 174.251.40.189.isp.timbrasil.com.br [189.40.251.174]
4 6 ms 5 ms 6 ms 10.223.10.34
5 10 ms 10 ms 10 ms 10.223.238.217
6 49 ms 9 ms 29 ms 10.223.255.202
7 8 ms 9 ms 6 ms 10.223.238.165
8 12 ms 12 ms 12 ms 34.252.40.189.isp.timbrasil.com.br [189.40.252.34]
9 12 ms 12 ms 12 ms 209.85.243.204
10 13 ms 12 ms 12 ms 209.85.251.99
11 12 ms 12 ms 12 ms http://www.youtube.com [74.125.234.40]

Rastreamento concluído.

C:\Windows\System32>

Conclusão:

Se vocês verificarem, acessando o servidor Youtube pela conexão GVT, para alcançá-lo temos 6 Hops (saltos), isto é, passamos por 6 equipamentos dentre roteadores – inclui-se ai o modem/roteador GVT na interface LAN – e 1 Host do Youtube. Agora para alcançar o destino do servidor Youtube pela conexão Live TIM, nós temos 11 Hops (saltos), isto é, passamos por 11 equipamentos dentre roteadores – inclui-se o meu roteador WiFi+Modem VDSL na interface LAN (2 subredes) e 1 host do Youtube.
Mas olhando somente o número de saltos não faz a diferença, pois o tempo de resposta destes equipamentos não é tão discrepante, portanto, não há problema de rota e roteamento nos equipamentos routers dentre a origem e destino, mas um fato que chama muito a atenção se dá no endereço do servidor Host do Youtube. Olhe lá em cima e compare o endereço IP do Host Youtube na conexão GVT e na conexão Live TIM (veja o nome do servidor também que é diferente).

Repare que na resposta do rastreamento, o nome “alias name” do servidor é o mesmo para as duas operadoras (GVT e Live TIM): ->>>> Mensagem: Rastreando a rota para youtube-ui.l.google.com
Mas o endereço IP que está ao lado do “alias name” do servidor é completamente diferente: Vamos comparar:

Na GVT: IP 186.215.208.25
NA TIM: IP 74.125.234.40

Para terminar a conclusão, retorne lá no rastreamento da GVT e Live TIM, no último salto (hop) e compare o endereço IP – Na GVT IP destino com o IP do último salto e na Live Tim a mesma coisa, IP destino com o IP do último salto – onde temos o seguinte resultado:

a) GVT

– Rastreando a rota para youtube-ui.l.google.com [186.215.208.25]
– 6 6 ms 6 ms 6 ms googlecom25.static.host.gvt.net.br [186.215.208.25]

b) Live TIM

– Rastreando a rota para youtube-ui.l.google.com [74.125.234.40]
– 11 12 ms 12 ms 12 ms http://www.youtube.com [74.125.234.40]

Comparando “a” com “b” teremos:

1- Apesar do “alias name” do servidor destino apresentado no início do rastreamento serem os mesmos, o endereço IP é totalmente diferente de na operadora “a” para a operadora “b” (a=186.215.208.25 e b=74.125.234.40).
2- O nome do domínio do servidor no destino do rastreamento, no último salto (Hop), é totalmente diferente entre a operadora “a” e operadora “b” (a= googlecom25.static.host.gvt.net.br e b= http://www.youtube.com)

Enfim, a diferença de performance entre o serviço do Youtube nas duas operadoras se dá em função do local onde está hospedado (ou cache) o servidor do Youtube, que no caso da GVT, há um servidor exclusivo de cache para os vídeos de streaming do Youtube na rede da GVT (antes de chegar a internet), e a Live TIM não. Esta é a razão da GVT ter uma boa qualidade de performance no serviço Youtube.
Façam um teste:

Tentem pingar o nome do servidor destino do Youtube da GVT (googlecom25.static.host.gvt.net.br) usando a conexão da Live TIM. Resposta?

“C:\Windows\System32>ping googlecom25.static.host.gvt.net.br
A solicitação ping não pôde encontrar o host googlecom25.static.host.gvt.net.br. Verifique o nome e tente novamente.”

Se pingarem o endereço IP vocês terão resposta.

PS: Não adianta trocarem o servidor DNS da Live TIM para o servidor DNS GVT, Google ou OpenDNS, uma vez que o problema não é solucionado. O endereço IP 74.125.234.40 é do servidor da Google hospedado na Califórnia, e o endereço IP 186.215.208.25 não pertence a Google. Como não descobri ainda com exatidão, talvez seja de propriedade da GVT.

Bom, já apontei a causa do problema do atraso (delay) do Youtube na Live TIM, cabe agora cobrarmos uma solução, talvez usando a mesma proposta da GVT, onde eles criaram um servidor proxy de cache para o serviço do Youtube na rede interna deles. Desta forma agilizará na entrega de vídeo a rede interna, e estará somente disponível aos clientes da Live TIM, como a GVT faz.

Os Direitos Autorais pelo trabalho são de minha propriedade e poderão ser divulgados, desde que citem a fonte, registrada neste Blog e me informe nos comentários onde a mesma foi citada. Aqueles que se apropriarem do texto como autoria, serão responsabilizados conforme determina a lei.

Tenho mesmo artigo mencionado em alguns forums disponíveis aqui na internet, com usuário específico, portanto, este assunto tratado naqueles forums como tópicos, foram redigidos e escritos por mim. Vejam em favoritos os principais forums que participo.

Anúncios

Após longa hibernação para revigorar saúde e novos projetos.

Boa Tarde Pessoal,

O Retorno

Hoje é um novo amanhecer, depois de um longo inverno para revigorar as forças, saúde e alimentar o cérebro com novas idéias, estava pensando em alguns projetos. No meu condomínio está sendo aplicado soluções que visam segurança patrimonial, dos condôminos e dos próprios funcionários, agora está disponível recursos de gravação de imagens de segurança e estão projetando no futuro a utilização de novos recursos para controle de entrada e saída de moradores, funcionários e visitantes de forma automatizada.

O Projeto aplicado

Segurança que pode atender empresas, condomínios e afins, onde envolve segurança patrimonial, controle de pessoal (entrada e saída), de pedestres e veículos,  e vigilância com gravações. Mas calma ai!!!

Não digo que seja relacionado a colocar homens armados nos condomínios (porteiro é diferente de seguranças) e empresas, mas sim em projetos voltados a TI (Tecnologia de Informação), onde eu digo com propriedade pois já atuo um bom tempo, com experiência, e somando meus conhecimentos com camada de sistema operacional, aplicações, rede Wired (com fio) e Wireless (sem fio) e finalmente, com sistemas de segurança digitais, com câmeras por IP ou cabeadas, sistema DVR – atualmente no meu condomínio utiliza o sistema da Intelbras – e sua integração na rede local com e sem fio, e também na internet, possibilitando monitorar remotamente. Pode ser na esquina, na casa de sua querida sogra, na sua viagem internacional, em qualquer lugar do planeta. Só não pode ainda em Marte porque não tem viagem tripulada até lá. 😉

Bom, com tecnologia já disponível no mercado, além da gravação de imagens e monitoramento, permitindo gravar imagens automaticamente  de 14 dias ou até mais, dependendo somente de configurar e instalar mais discos rígidos (Hard Disk), chegando ao limite de até 8 HD Sata – até o momento, quem sabe a Intelbras lance no futuro um novo DVR com mais capacidade, apesar de que já existe uma aplicação cliente que pode ser instalada em um PC (Personal Computer ou computador pessoal), que possibilita expandir para mais discos rígidos no PC, facilitando e dando mais capacidade para gravação.

Depois, é só fazer a famosa busca de imagem e se precisar gravá-la em disco, num servidor de arquivos, naquele disco portátil ou até em DVD ou Blu-ray. Agora alguém pode perguntar: “E se eu colocar a imagem no Youtube”? – Bem pessoal, tudo vale o bom senso e se respeitar a questão da violação da privacidade. Não se esqueçam que determinadas imagens envolvem tal questão e suas respectivas responsabilidades, até jurídicas.

Voltando ao assunto da tecnologia disponível, hoje também temos recursos para controle de entrada e saída de veículos e pedestres, utilizando ferramentas e softwares que trabalham em sinergia.  Para veículos temos antenas e dispositivos RFID que identificam-no via sistema (Banco de Dados) e apresenta ao porteiro se o automóvel é de morador, quem está dirigindo e até libera automaticamente a abertura do portão. Para pedestres, existem ferramentas de controle por câmeras e/ou biometria facial, que pode ser automatizada via sistema, o mesmo que gerencia veículos, e exibe ao porteiro a identificação da pessoa. Se não for morador…  … não entra sem a liberação do porteiro.

Agora para controle de convidados, além da câmera de monitoramento, tem-se também a utilização de pulseiras de identificação com código que, através de um leitor scanner, identifica o convidado e permite a sua entrada, evitando-se assim a entrada daquele famoso penetra e pessoas desconhecidas no condomínio. A entrega da pulseira ao convidado, o morador poderá fazê-lo em conjunto com o convite ou como próprio convite, anexando uma pequena notificação a pulseira, marcando local, dia e hora do evento.

Outra facilidade para controle de acesso interno as áreas comuns do condomínio, ou de sua empresa, é possível utilizar câmeras específicas que delimitam o tráfego de pessoas estranhas, isto é, visitantes, fornecedores, e até identificam atos que podem gerar distúrbio – como aquela brigazinha de moradores que não sabem lidar com suas diferenças através da comunicação verbal, mas somente por atos físicos, se me entendem… – e, vocês podem perguntar, como se faz o controle? Por uma câmera específica que fica configurada ao servidor e a portaria, onde, ocorrendo um destes eventos, sinaliza no monitor e soa um aviso sonoro para chamar a atenção do porteiro ou segurança.

Eu particularmente conheço as empresas envolvidas com o desenvolvimento destas soluções e seus respectivos produtos, portanto se você estiver interessado para uso em sua empresa ou condomínio, pode contactar-me que aviso a empresa para efetuar a demonstração.

 

Contato

Bom Pessoal, Isto é só o começo dos projetos disponíveis, afinal a tecnologia evolui. Se você tiver interessado, pode entrar em contato comigo pelo Blog, e-mail ou Twitter, que mais uma vez digo, indicarei as empresas fornecedores pela tecnologia.

Um abraço.

Ricardo Salles

Olá Amigos!

Bem Vindo ao Blog hospedado em WordPress.com. Seu canal de comunicação com a Tecnologia, Mobilidade,  dispositivos Gadgets e Telecomunicações !

Este espaço é dedicado para apresentar e informar sobre novas tecnologias numa linguagem de fácil compreensão. Aqui também irei expor minhas experiências e dicas para manter seus equipamentos em bom funcionamento.

Sinta-se a vontade,  a casa é sua.